TRADUÇÃO: Coluna Martin Wolf | O desafio da China para o mundo

A tentativa de transição econômica da China tem profundas implicações, não apenas para a nação emergente, mas para o resto do mundo. No curto prazo, o desafio é gerenciar os spillovers [alastramentos] do que poderia ser um acentuado abrandamento da atividade econômica da China. No longo prazo, o desafio é como lidar com a integração de uma potência financeira na economia mundial. Na realidade, porém, o que acontece no curto prazo vai moldar também o longo prazo.

TRADUÇÃO: Coluna Paul Krugman | Acordo climático de Paris é razão para ter esperança

Até muito recentemente havia dois enormes obstáculos no caminho de qualquer tipo de acordo global em relação ao clima: o consumo de carvão crescente da China, e a oposição implacável do Partido Republicano dos Estados Unidos. O primeiro parecia significar que as emissões de gases de efeito estufa subiriam inexoravelmente, sem importar o que os países ricos fizessem, enquanto o segundo significava que a maioria desses países ricos era incapaz de fazer promessas com credibilidade e, portanto, eram

REPORTAGEM: O luxo não conhece a crise e cresce no Brasil

O luxo não conhece a crise. E está crescendo, sobretudo nos países emergentes, como o Brasil. Em cerca de dez anos, haverá marcas de luxo brasileiras. É o que diz o filósofo francês Gilles Lipovetsky, autor de "O Luxo Eterno", que esteve no Brasil para participar do evento "The New World of Luxury". No Brasil, as mulheres são particularmente muito sensíveis a essa questão. Muitas me falam que, com 40 anos

TRADUÇÃO: Bernie Sanders para os Democratas: como é uma política externa radical

Bernie Senders, que agora é, de longe, o político com maior popularidade dos EUA, está há muito tempo obcecado em separar bancos comerciais dos grandes bancos de investimento e em levar o Medicare a todos os americanos. Ele consegue falar durante horas sobre os demônios da desigualdade de renda e o grotesco da “classe bilionária”. No entanto, ainda esta semana, o senador independente fez finalmente seu principal discurso sobre política externa no Westminster College, em Fulton, Missouri, como parte da Green Foundation L

TRADUÇÃO : Coluna Martin Wolf | Os desafios da divergência dos bancos centrais

O Banco Central Europeu aliviou a política monetária na semana passada, embora não o suficiente para agradar os mercados. Mas há uma ampla expectativa de que o Federal Reserve (o banco central dos EUA) aumente as taxas de juro de curto prazo na próxima semana. Essa divergência entre os bancos centrais mais importantes do mundo deve se provar significativa. Será que isso faz sentido para cada um deles, tendo em conta os seus próprios mandatos?

REPORTAGEM: Retomada econômica dos EUA é motivo para recuo de emergentes

A situação fiscal dos EUA vem melhorando. Segundo o Escritório do Orçamento do Congresso, o deficit do Orçamento dos EUA deve fechar o ano em 4% do PIB, metade do de 2009 (10,1% do PIB). A S&P projeta que os EUA irão crescer entre 2% e 2,5% neste ano e 3% no ano que vem. A agência não acredita que a negociação para elevação do limite do endividamento federal, que deve ocorrer em setembro, possa levar a problemas graves.

TRADUÇÃO: BC Europeu libera 1,75 bilhão para aumentar liquidez de bancos gregos

O Banco Central da Grécia considera convocar o governo do país a legislar sobre controles de capital se um acordo não for alcançado na segunda, de acordo com pessoas informadas sobre o planejamento da zona do euro. O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, tem procurado muito negociar um acordo com seus colegas líderes, e alguns funcionários da zona do euro disseram que permanecem esperançosos de que Tsipras

TRADUÇÃO: Voluntários da Síria arriscam vida com remoção improvisada de minas

Voluntários em áreas controladas pela oposição no conflito sírio são obrigados a improvisar, já que realizam uma das tarefas mais perigosas do mundo: desmantelar munições em cacho, minas terrestres e armadilhas explosivas, para tornar seguras as áreas devastadas de modo que os civis possam retornar. Vídeos transmitidos de Palmira na mídia russa mostram os técnicos, vestidos com equipamento especializado de proteção e movendo-se metodicamente pelos campos minados e bairros cheios de armadilhas,

TRADUÇÃO: Credores de Porto Rico respondem à tragédia causada por furacão com mais dívida para o país

uma destruição completa depois de o furacão Maria assolar o país na semana passada, Porto Rico precisa desesperadamente de fundos para reestabelecer a infraestrutura básica, especialmente a cambaleante rede elétrica. A ilha inteira – onde vivem 3,5 milhões de cidadãos americanos, quase o equivalente ao estado de Connecticut – ficou sem energia, e imagens de satélite mostram que a luz ainda não voltou na maior parte do território.

TRADUÇÃO: Coluna Martin Wolf | Crescimento sólido é mais difícil do que criar bolhas

Em seu úlltimo relatório "Perspectivas da Economia Mundial", o FMI (Fundo Monetário Internacional) assume uma postura mais cautelosa que sombria. A economia mundial deverá crescer 3,1% neste ano (em paridade de poder de compra) e 3,6% em 2016. As economias de alta renda deverão crescer até 2% neste ano, com alta de 1,5% mesmo na zona do euro. As economias emergentes deverão crescer 4% neste ano. Isso seria bem abaixo dos 5% de 2013, ou dos 4,6% de 2014. Enquanto a previsão de cres

REPORTAGEM: Futuro será disputa entre grandes cidades, diz executivo do Citibank

Um mundo onde as grandes cidades são mais importantes que os países e competem entre si, principalmente para atrair investimento. Assim será o futuro, segundo Francesco Vanni, chefe global do CTS (Citi Transaction Service), do Citibank. Desde 2009, o italiano comanda a área do banco responsável pelas transações internacionais e pelos investimentos globais de mídias e grandes empresas --privadas e públicas. O CTS gira US$ 3 trilhões ao dia em transações e tem US$ 12,8 trilhões em ativos

REPORTAGEM: Ações ligadas a educação sobem até 90%

Os papéis da Kroton (KROT11), a maior alta, subiram 90,9% no ano. Em seguida vem a Estácio (ESTC3), com valorização de 84,7% e, depois, a Anhanguera (AEDU3), com 62,1%. Esses fatores fizeram com que aumentasse o número de alunos matriculados nas três instituições, o que resultou em balanços positivos no segundo trimestre e no primeiro semestre. Segundo Bruno Giardino, analista de educação do Santander, uma parte do movimento se deve à recuperação de perdas que as empresas tiveram

REPORTAGEM: Baratas, ações de bancos podem ser oportunidade

O resultado do setor financeiro, que engloba empresas como bancos e seguradoras, foi 1,3% menor no terceiro trimestre que no mesmo período de 2011, o que ajudou a puxar para baixo do desempenho da economia do país. Com maior concentração no setor, os bancos, que sofreram com a redução de juros do governo, tiveram resultados mais modestos, mas, na avaliação de especialistas, as ações do segmento na Bolsa não devem sofrer por causa disso.
Load More Articles
Close