TRADUÇÃO: Coluna Martin Wolf | Boa notícia - As Fintech poderiam revolucionar o setor financeiro

Hoje, os bancos e as companhias de seguros são as instituições financeiras centrais. Os bancos gerenciam sistemas de pagamentos, geram a maior parte do dinheiro da economia, são responsáveis por uma grande proporção de intermediação financeira, são criadores de instrumentos financeiros e agem como agentes e criadores de mercado. Da mesma forma, as companhias de seguros desempenham o papel central na avaliação e na gestão de riscos.

TRADUÇÃO : Coluna Martin Wolf | Os desafios da divergência dos bancos centrais

O Banco Central Europeu aliviou a política monetária na semana passada, embora não o suficiente para agradar os mercados. Mas há uma ampla expectativa de que o Federal Reserve (o banco central dos EUA) aumente as taxas de juro de curto prazo na próxima semana. Essa divergência entre os bancos centrais mais importantes do mundo deve se provar significativa. Será que isso faz sentido para cada um deles, tendo em conta os seus próprios mandatos?

TRADUÇÃO: Coluna Paul Krugman | Trump está certo na economia

Então Jeb Bush está finalmente correndo atrás de Donald Trump. Nas últimas semanas, o homem que deveria estar na posição de liderança fez uma série de ataques ao homem que está. É estranho dizer, no entanto, que Bush não focou no que é realmente cruel e absurdo -cruelmente absurdo?- sobre a plataforma de Trump, seu racismo implícito e sua insistência de que ele, de alguma forma, iria prender os 11 milhões de imigrantes sem documentos e removê-los do nosso solo.

TRADUÇÃO: Uber levanta US$ 1,2 bi para a unidade chinesa, em rodada que inclui Baidu

O Uber está concentrando mais recursos e poder de fogo para bater a concorrência local na China. O aplicativo de transporte particular confirma que já levantou US$ 1,2 bilhão em uma rodada que incluiu investimento do site de busca chinês Baidu. Avaliada em US$ 50 bilhões, a start-up de San Francisco elevou o financiamento adicional para o Uber China, empresa separada que foi estabelecida no país, pouco depois da notícia de que o rival local Didi Kuaidi tinha arrecadado US$ 3 bilhões

TRADUÇÃO: Coluna Martin Wolf | Esperança e medo na interminável crise grega

No final, após vencer um referendo em junho contra as condições oferecidas pela zona euro, ele concordou, em julho, com um novo programa de trás anos da zona do euro, de € 86 bilhões, em termos não muito diferentes daqueles que tinha persuadido o povo grego a rejeitar. Como Tsipras deixou claro na semana passada, um dos seus objetivos é evitar outro programa do FMI. Ele acha as demandas do fundo difíceis de suportar.

TRADUÇÃO: Coluna Paul Krugman | O grande fedor de Michigan

Na década de 1850, Londres, a maior cidade do mundo, ainda não tinha um sistema de esgoto. Os resíduos simplesmente fluíam para o Tâmisa, o que é repugnante, como você pode imaginar. Mas os conservadores, incluindo a revista "The Economist" e o primeiro-ministro, se opuseram a qualquer esforço para remediar a situação. Afinal, esse esforço envolveria aumento dos gastos do governo e, eles insistiam, reduziria a liberdade pessoal e o controle local. O que sabemos até agora é que, em 2014, o gesto

TRADUÇÃO: Com medo de mudanças nas leis de migração, cubanos fogem do país

Esses temores são infundados, mas dezenas de milhares de cubanos fugiram desde que o presidente Barack Obama anunciou a normalização das relações entre os países no final de 2014. A pressa em ir embora levou a um maior número de pessoas a tentar fazer a perigosa travessia no mar nos últimos oito anos, de acordo com documentos do Departamento de Segurança Interna obtidos pela Associated Press.

TRADUÇÃO: Viagem de Obama a Cuba mostra afastamento do foco em dissidentes

A coreografia bem ensaiada de protesto tornou-se uma característica das manhãs de domingo em Cuba. Cerca de 9.000 vezes, no ano passado, as autoridades comunistas prenderam rapidamente dissidentes em demonstrações de força que se tornaram uma questão inflamada no debate sobre a viagem de três dias do presidente Barack Obama para a ilha neste mês. Foram três páginas no jornal do Partido Comunista, o "Granma", declarando que "profundas diferenças conceituais sobre os modelos políticos,

TRADUÇÃO: BC Europeu libera 1,75 bilhão para aumentar liquidez de bancos gregos

O Banco Central da Grécia considera convocar o governo do país a legislar sobre controles de capital se um acordo não for alcançado na segunda, de acordo com pessoas informadas sobre o planejamento da zona do euro. O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, tem procurado muito negociar um acordo com seus colegas líderes, e alguns funcionários da zona do euro disseram que permanecem esperançosos de que Tsipras

TRADUÇÃO: Coluna Martin Wolf | Se a Grécia deixar o euro, a moeda ficará frágil

Em terceiro lugar, os governos da zona do euro poderiam ainda chegar a um acordo com a Grécia. Isto é o que Atenas está tentando alcançar, mas faria sentido para a zona euro? Para responder a esta pergunta é preciso considerar como as pessoas agora veem a união monetária. Uma maneira de pensar sobre a zona do euro é como uma zona de solidariedade mútua. É o apelo dos próprios gregos. A resposta de seus credores é que a solidariedade é construída sobre obrigações mútuas.

TRADUÇÃO: Coluna Martin Wolf | O desafio da China para o mundo

A tentativa de transição econômica da China tem profundas implicações, não apenas para a nação emergente, mas para o resto do mundo. No curto prazo, o desafio é gerenciar os spillovers [alastramentos] do que poderia ser um acentuado abrandamento da atividade econômica da China. No longo prazo, o desafio é como lidar com a integração de uma potência financeira na economia mundial. Na realidade, porém, o que acontece no curto prazo vai moldar também o longo prazo.

TRADUÇÃO: Coluna Martin Wolf | A luta da China por um novo normal

O que vai acontecer com a economia chinesa nos próximos cinco anos? Esta é uma das questões mais importantes para os interessados nas perspectivas do mundo. Participar de Fórum de Desenvolvimento da China deste ano abriu uma janela fascinante sobre como os formuladores de políticas do país veem os desafios futuros. O país enfrenta quatro desafios principais. O primeiro é como transformar o seu padrão de crescimento, quantitativa e qualitativamente.

TRADUÇÃO: Coluna Paul Krugman | Acordo climático de Paris é razão para ter esperança

Até muito recentemente havia dois enormes obstáculos no caminho de qualquer tipo de acordo global em relação ao clima: o consumo de carvão crescente da China, e a oposição implacável do Partido Republicano dos Estados Unidos. O primeiro parecia significar que as emissões de gases de efeito estufa subiriam inexoravelmente, sem importar o que os países ricos fizessem, enquanto o segundo significava que a maioria desses países ricos era incapaz de fazer promessas com credibilidade e, portanto, eram

TRADUÇÃO: 'Não podemos transformar telefones em fetiches', diz Obama

Obama se recusou a comentar o caso da Apple especificamente. Mas disse a uma plateia no festival de tecnologia "South by Southwest", em Austin, no Texas, que, apesar da importância de uma criptografia forte para a prevençãoo do terrorismo e para a infraestrutura crítica nacional, em determinadas investigações criminais ou terroristas "tem de haver uma concessão para a necessidade de se obter aquela informação de algum jeito".

TRADUÇÃO: Coluna Lucy Kellaway | E-mail: um presente para o colega passivo-agressivo

Quando Ray Tomlinson, o homem a quem é creditada a invenção do e-mail, morreu há dez dias, todos os tipos de pessoas viram isso como uma desculpa para reclamar sobre como sua criação estragou nossas vidas no trabalho. Ela nos impediu de fazer as coisas, fritou nossos cérebros e nos ensinou a continuar a trabalhar mesmo quando estamos na cama. A resposta consistia em uma palavra: Anotado. Essa foi a perfeita resposta passivo-agressiva. Foi educada o suficiente para mostra que eu não tinha motivo

TRADUÇÃO DE ARTIGO: Brasil e França: A Arbitragem na Visão Comparada

Esta publicação é resultado do seminário "Superior Tribunal de Justiça e Corte de Cassação Francesa: A Arbitragem na Visão Comparada", realizado no dia 25 de setembro de 2017, no STJ, em Brasília. Com orientação técnica de Juliana Loss, o livro busca apresentar como o Brasil e a França foram bem-sucedidos no uso da arbitragem como mecanismo de solução de conflitos, a partir da compilação dos textos baseados no conteúdo das palestras apresentadas durante o seminário.

TRADUÇÃO: Coluna Lucy Kellaway | Chefe do Goldman não vai longe com memorando de maratona

Mauro, evidentemente, dominou a primeira lição de como se comunicar com os quadros jovens: quando a moral está baixa, digamos assim. É uma pena somente a forma como ele faz isso —o "entrar em contato" e o "tomar" um café estão em desacordo, em seu orgulho brega, com a realidade de uma discussão de carreira com um parceiro do Goldman. Em vez disso, ele narra os caminhos errados que tomou em sua própria carreira e repete o conselho inútil que lhe foi dado ao longo da estrada.

TRADUÇÃO: Coluna Paul Krugman | O partido do looping no tempo

A verdade é que todo o partido republicano parece preso em um looping de tempo, dizendo e fazendo as mesmas coisas repetidas vezes. E, ao contrário do personagem de Bill Murray no filme "O feitiço do tempo", os republicanos não mostram nenhum sinal de que aprendem alguma coisa com a experiência. Mas a fé republicana em cortes de impostos como um elixir econômico universal tem, se é que tem, se tornado mais forte, com Rubio, em particular, indo ainda mais longe do que os outros candidatos

TRADUÇÃO: Coluna Paul Krugman | Como os EUA se perderam

Houve um tempo em que a morte de um juiz da Suprema Corte não teria trazido os Estados Unidos ao limite de uma crise constitucional. Mas aquele era um país diferente, com um Partido Republicano muito diferente. No país de hoje, com o Partido Republicano de hoje, o falecimento de Antonin Scalia abriu as portas para o caos. As consequências de uma vacância no tribunal tampouco foram tão preocupantes no passado como são agora.
Load More Articles
Close